Home > Destaque > FCO Empresarial: Parcelas de outubro, novembro e dezembro estão prorrogadas para janeiro de 2021

FCO Empresarial: Parcelas de outubro, novembro e dezembro estão prorrogadas para janeiro de 2021

Atendendo as solicitações do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis do FCO, o Banco do Brasil anunciou que os empresários de Mato Grosso do Sul que têm contratos do FCO poderão prorrogar o pagamento das parcelas referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2020 em janeiro de 2021.

A informação foi dada nesta quinta-feira (1º) pelo Banco do Brasil na reunião do CEIF/FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO), realizada na Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

O Secretário da Semagro, Jaime Verruck explicou que o Banco Central já havia autorizado a prorrogação do pagamento desses contratos para até o mês de dezembro e permitiu a cada instituição financeira fazer o seu regramento. O Banco do Brasil prorrogou inicialmente por dois meses, estendeu por mais dois e, agora, após as solicitações do CEIF, decidiu por prorrogar também as parcelas de outubro, novembro e dezembro.

 

Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação

Página Inícial

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Hospitais de MS aderem a avaliação nacional da Anvisa sobre boas práticas de segurança ao paciente

Pelo segundo ano consecutivo, Mato Grosso do Sul obtive 100% de adesão dos hospitais com leitos de UTI no preenchimento ...