Home > Destaque > Após 11 anos, indústria em Caarapó retorna às atividades com incentivo do Estado e geração de 300 empregos

Após 11 anos, indústria em Caarapó retorna às atividades com incentivo do Estado e geração de 300 empregos

Com potencial de geração de 300 empregos diretos, a instalação de uma indústria esmagadora de soja na cidade de Caarapó, viabilizada pelo Governo do Estado, recebeu R$ 219 milhões de investimento privado. A expectativa é de que o empreendimento comece a operar já no próximo mês, divulgou nesta semana o governador Reinaldo Azambuja. A ministra Tereza Cristina (Agricultura e Pecuária) confirmou presença na inauguração.

“Assinamos termo de acordo com a Lar Cooperativa Agroindustrial para o funcionamento desse complexo em Caarapó, que tem bases de armazenamento de grãos em Bandeirantes, Bela Vista e Ponta Porã. Isso mostra a confiança que o empresariado tem em Mato Grosso do Sul, que é cada vez mais competitivo”, destacou o governador.

O novo complexo industrial da Lar tem capacidade de processar 1,5 mil toneladas de soja por dia. Também é capaz de produzir 300 toneladas de biodiesel a cada 24 horas. Toda a estrutura da indústria ficou parada por 11 anos. Até que foi comprada e revitalizada pela Lar a partir de 2019

“Estamos investindo em Caarapó já há dois anos para começar a rodar essa indústria de soja que vai processar 450 mil toneladas do grão por ano e gerar faturamento próximo de R$ 1 bilhão. Para isso, o Governo do Estado nos deu condições para podermos operar de forma competitiva”, afirmou o diretor-presidente da Lar, Irineo da Costa Rodrigues.

Expansão agrícola

Localizada próximo à BR-163, em uma área de 30 hectares, a esmagadora de soja de Caarapó possui estruturas de recepção de grãos em cidades que até pouco tempo atrás não tinham aptidão para a agricultura, como Bandeirantes e Bela Vista.

Na avaliação do secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), os armazéns instalados nesses municípios mostram que a política de expansão agrícola em Mato Grosso do Sul deu certo.

“Quando você expande para novas áreas de agricultura, aumenta a produção e já cria uma rede de armazenagem – que é o que essa cooperativa fez – você industrializa esse produto em Mato Grosso do Sul com opção de biodiesel, óleo e farelo. Essa é a lógica definida na cadeia produtiva”, explicou.

Toda proposta, de acordo com Verruck, faz parte da linha estratégica do Governo do Estado de buscar novos empreendedores, agregar valor à produção e gerar mais emprego. “A política industrial do governador Reinaldo Azambuja é feita dessa forma: incentivo fiscal, captação de investimentos e geração de emprego para todos os municípios”, pontuou.

Incentivo ao cooperativismo

A instalação do novo empreendimento da Lar em Caarapó, dentro do Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em Mato Grosso do Sul (Procoop), contribui para o desenvolvimento da atividade que em 2017 foi responsável por 10% do PIB Estadual.

Hoje, a Lar é considerada uma das principais cooperativas do Paraná. O grupo está há mais de 20 anos no Estado, tem 17 locais de operações e possui 37 armazéns. “Seguramente, temos uma das maiores capacidade estática de recebimento e armazenagem de grãos em MS”, destacou o diretor-presidente Irineo Rodrigues.

Bruno Chaves, Subcom
Foto: Edemir Rodrigues

FONTE: http://www.ms.gov.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

EM AÇÃO ITINERANTE, PREFEITURA LEVA VACINAÇÃO A SUPERMERCADOS NA MORENINHA E REGIÃO DO AEROPORTO

Para facilitar o acesso da comunidade aos locais de vacinação, nesta quinta-feira (19), dois pontos de vacinação itinerante contra a ...